A Viagem de um Líder

Sabiam que estamos numa mesma viagem? Todos nós, adultos, crianças, homens, mulheres, de qualquer nacionalidade, de qualquer época. E que viagem é esta?

A viagem da vida. Nascemos, depois de uma disputa entre vários espermatozoides pelo mesmo óvulo, e um deles, nós, chegou lá. Fecundou. E a viagem continuou, e depois de vária possibilidades, nascemos! E nascemos dentro de uma circunstância: que mulher, que pai, que família, que cultura, irão cuidar de nós. E atravessamos este verdadeiro labirinto e chegamos à idade adulta. Quase que sobrevivemos. Somos únicos, e temos alguma coisa a fazer a partir deste crédito chamado vida.

E, por alguma circunstância, que passa a incluir os desejos de nossos pais, estamos frente a uma posição de liderança. Temos outros seres humanos olhando para nós, dependendo de nós, e cada um deles nas suas fantasias, nas suas limitações e nas suas aspirações legítimas. E nós acabamos sendo líderes deste grupo humano, diverso, circunstancial, e ainda temos de lidar com as nossas próprias aspirações e fantasias, além das aspirações e fantasias de cada um deles. É difícil? Sim, mas é para isso que existe o líder!

Líder de um grupo humano diverso, inacabado, fantasioso, em que cada um pretende fazer o melhor de sua vida. E comprometido na outra ponta, com as promessas que fez para outras pessoas, de objetivos e resultados que se comprometeu a entregar. Como fazer de toda essa diversidade algo coerente, síncrono e que entregue o que promete?

A única forma possível é conseguir, no mínimo, conversar com essas varias formas de expectativas, ilusões e aspirações. Por todos numa mesma panela e ver se conseguirá, através de muita sensibilidade, negociação e integridade, fazer uma receita que agrade o paladar de todos os demais seres humanos, com quem nos comprometemos a entregar algo. É, em ultima análise, uma construção conjunta, em que todas as aspirações e fantasias individuais de cada um deve ceder lugar a uma aspiração coletiva que faça sentido para todos. A partir de uma visão e com um propósito compartilhado, fazer com que os desejos individuais de cada um cedam um pequeno espaço para um desejo coletivo.

O verdadeiro líder sabe que as suas características individuais e as suas fantasias estarão expostas o tempo todo, e sabe que é isto que também deve buscar nos seus liderados, a qualquer momento. Que eles se exponham, que sejam íntegros com as suas verdadeiras aspirações e desejos. E que a verdade sobre o que cada um está fazendo com a sua vida, como a está gastando, nesse espaço e tempo de suas vidas em comum, faça sentido. É uma chance única, nesta conjunção de vidas, a do líder e ado liderado, que se encontram e que possam fazer uma grande diferença para cada um, para a empresa, para sua família e para a comunidade.

Ou alguém gosta de desperdiçar vida?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *